O que é a Gestão de Tesouraria e como mantê-la sob controlo? | Wintouch - Software de Facturação na Cloud

Contabilidade e Faturação

O que é a Gestão de Tesouraria e como mantê-la sob controlo?

A gestão da tesouraria é uma área crucial em qualquer negócio, porque envolve a supervisão dos fluxos de caixa da empresa para garantir os fundos necessários para pagar as despesas operacionais, investimentos e outras obrigações financeiras.

Por isso, atualmente ao manter a sua tesouraria sob controlo está também a assegurar a estabilidade financeira e o crescimento sustentável da sua empresa.

O que é a Gestão da Tesouraria?

A gestão da tesouraria é o processo de supervisionar, controlar e otimizar o fluxo de dinheiro de uma empresa. Alcançando várias áreas, tais como:

Gestão do Fluxo de Caixa:

Acompanhar as entradas e saídas de dinheiro na empresa, geralmente num período curto, como diário, semanal ou mensal.

Previsão da Tesouraria:

Prever as necessidades de caixa levando em consideração despesas, receitas e possíveis variações sazonais.

Gestão de Contas a Receber:

Garantir que os clientes paguem as faturas a tempo, reduzindo o risco de atrasos.

Gestão de Contas a Pagar:

Gerir as obrigações financeiras da empresa, como fornecedores, despesas operacionais e obrigações fiscais.

Investimento de Excesso de Caixa:

Colocar o dinheiro em investimentos de curto prazo para gerar renda adicional.

Como Manter a Tesouraria Sob Controlo?

Agora que entendemos o que é a gestão de tesouraria, vamos explorar algumas estratégias para mantê-la sob controlo:

1. Monitorização Regular do Fluxo de Caixa

Acompanhar o fluxo de caixa é a base da gestão da tesouraria.
Utilize sistemas de contabilidade e software financeiro para manter um registo atualizado das entradas e saídas de dinheiro. Permitindo identificar tendências e tomar medidas preventivas em caso de problemas.

2. Previsão da Tesouraria

Prever é crucial para evitar surpresas desagradáveis. Utilize ferramentas de previsão que tenham em conta fatores como vendas, sazonalidade e prazos de pagamento para estimar as suas necessidades de caixa.

3. Contas a Receber e a Pagar

Gira as contas a receber de forma eficaz, incentivando o pagamento oportuno por parte dos clientes. Ao mesmo tempo, negoceie prazos favoráveis com fornecedores e otimize o pagamento de contas a pagar para manter um equilíbrio saudável.

4. Investimento de Excesso de Caixa

Se tiver fundos ociosos, procure oportunidades de investimento de curto prazo que proporcionem um retorno seguro.

5. Linhas de Crédito e Financiamento

Mantenha linhas de crédito disponíveis para emergências ou para financiar investimentos estratégicos. Certifique-se de conhecer as taxas de juro e os termos associados a essas linhas de crédito.

6. Avaliação Regular

A gestão de tesouraria deve ser uma atividade contínua. Realize revisões regulares, ajuste as suas estratégias e mantenha-se informado sobre as melhores práticas de gestão da tesouraria.

Otimize a gestão do seu negócio connosco! Saiba mais aqui

Artigos relacionados

Como um Software de Faturação pode impulsionar a Gestão Comercial do seu Negócio?

A gestão comercial é a espinha dorsal de qualquer negócio, influenciando diretamente o seu crescimento e sustentabilidade. Num cenário de negócios cada vez mais dinâmico, a adoção de tecnologias...

Como a Automatização na Faturação pode poupar tempo e dinheiro?

A eficiência nos processos empresariais é essencial para o sucesso de qualquer negócio e um dos elementos-chave para alcançar essa eficiência é a automatização da faturação.

Saiba como a...

Elementos obrigatórios nas faturas em 2024

A emissão de uma fatura requer a inclusão de dados essenciais para o processo de faturação do seu negócio, conforme estabelecido pelo Decreto de Lei nº 198/2012 (artigos 3º e 4º) e pelo Código do...